quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Biografia de Joseph-Nicolas Delisle

Joseph-Nicolas Delisle
Joseph-Nicolas Delisle. Nasceu em Paris, a 4 de Abril de 1688, e faleceu, também em Paris, a 11 de Setembro de 1768. Joseph-Nicolas Delisle foi um astrônomo francês, criador da escala de temperatura Grau Delisle.

Vida

Foi um dos 11 filhos de Claude Delisle (1644 - 1720). Como muitos de seus irmãos, entre eles Guillermo Delisle, inicialmente realizou estudos clássicos. No entanto, ele passou a estudar astronomia sob a supervisão de J. Lietaud e Jacques Cassini. Ele entrou para a  Academia Francesa de Ciências como pupilo de Jean-Dominique Maraldi (1709 - 1788), chegando a ser adjunto e posteriormente astrônomo associado da mesma (1716 - 1719). Ao longo do tempo, tornou-se professor do Collège de France e da Academia de Ruan, tendo alunos como Joseph Lalande e Charles Messier. Apesar de ser um bom cientista e membro de uma família rica, não dispunha de grandes meios para suas pesquisas, até que, em 1725, sua vida muda radicalmente ao ser chamado pelo czar Pedro, o Grande a São Petersburgo para criar e dirigir uma escola de astronomia na Academia Russa de Ciências. Chegou a essa cidade em 1726, logo após a morte do czar. Tornou-se rico e famoso, tanto que quando retornou a Paris em 1747, recebeu o título de astrônomo da Academia e pôde construir seu próprio observatório no palácio de Cluny que, posteriormente, tornaria famoso Charles Messier. Delisle explicou que a refração da luz solar nas gotas de chuva é a origem dos arcos-íris e trabalhou, entre outras coisas, no cálculo da distância entra a Terra e o Sol e no estudo dos trânsitos de Mercúrio e Vênus. É conhecido principalmente pela Escala Delisle, uma escala de temperatura que inventou em 1732. Um cratera lunar foi nomeada “Delisle” em sua homenagem.

Grau Deslile

O Grau Deslile (°D) é uma escala de temperatura inventada em 1732 pelo astrônomo francês Joseph-Nicolas Delisle (1688–1768). Delisle foi o autor de “Mémoires pour servir à l'histoire et aux progrès de l'Astronomie”, e de “Géographie et de la Physique” (1738).

Retas de Conversão de Temperatura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.