sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Biografia de Félix Nadar

Nadar (auto-retrato ca.1860)
Félix Nadar. (por vezes abreviado por Nadar) é o pseudônimo de Gaspard-Félix Tournachon, nasceu em Paris, a 5 de Abril de 1820, e faleceu, também em Paris, a 21 de Março de 1910. Nadar foi um fotógrafo, caricaturista e jornalista francês.

Biografia

Nadar nasceu em Paris, mas algumas fontes sugerem Lyon. Foi um caricaturista do jornal ilustrado Le Charivari em 1848. Em 1849 criou a Revue comique e o Petit journal pour rire. Tirou as suas primeiras fotografias em 1853, e em 1858 ao sobrevoar Paris num balão de ar quente, tornou-se na primeira pessoa a tirar fotografias aéreas. Por volta de 1863, Nadar construiu um enorme balão de ar quente, com cerca de 6000 m3, chamado Le Géant ("O Gigante"), inspirando Júlio Verne na sua obra Cinq semaines en ballon (Cinco Semanas em Balão). Foi criada a "The Society for the Encouragement of Aerial Locomotion by Means of Heavier than Air Machines", com Nadar como presidente, e Júlio Verne como secretário. Em Abril de 1874, cedeu o seu estúdio de fotografia a um grupo
Jean-Marie Le Bris e a sua máquina voadora "Albatros II" fotografado por Nadar em 1868.
de pintores (Monet, Pierre-Auguste Renoir, Pissarro, Alfred Sisley, Paul Cézanne, Berthe Morisot e Edgar Degas), numa altura em que o impressionismo era rejeitado pela crítica, o que lhes possibilitou apresentarem a primeira exposição de impressionismo, sem ser no Salon des Refusés (Salão dos Recusados). Em 1885, fotografou Victor Hugo na sua cama, aquando a sua morte. É referido como sendo o autor (em 1886) da “primeira entrevista fotográfica” (do químico Michel Eugène Chevreul). Tirou também fotografias com motivos eróticos. Em 21 de Março de 1910, Nadar faleceu, tendo sido enterrado em Paris, no cemitério do Père-Lachaise.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.