segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Biografia de Wilhelm Friedrich Kühne


Wilhelm Kühne
Wilhelm Friedrich Kühne. Nasceu em Hamburgo, a 28 de Março de 1837, e, faleceu em Heidelberg, a 10 de Junho de 1900. Wilhelm Kühne foi um fisiologista alemão. Kühne estudou Química sob a orientação de Friedrich Wöhle, anatomia com Friedrich Gustav Jakob Henle e neuro-histologia com Rudolph Wagner. Doutorou-se em 1856 com uma tese sobre diabetes induzida em rãs. É conhecido por ter “criado o termo enzima” (em alemão, enzym). Trabalhou em particular na fisiologia do músculo e do nervo e no processo químico da digestão. Também estudou as mudanças químicas que ocorrem na retina quando da exposição à luz. No final de 1863, ele foi encarregado do departamento de química do laboratório patológico em Berlim, sob Rudolf Virchow; em 1868, foi nomeado professor de fisiologia em Amesterdã; e, em 1871, ele foi escolhido para suceder Hermann von Helmholtz na mesma capacidade em Heidelberg, onde morreu em 10 de junho de 1900. Em 1876, ele descobriu a tripsina. Ele também foi conhecido pela sua pesquisa sobre a visão e as mudanças químicas que ocorrem na retina sobre a influência da luz. Kühne também foi pioneiro do processo de optografia, a geração de uma imagem da retina de um coelho através da aplicação de um processo químico para fixar o estado da rodopsina no olho. Foi eleito membro da Royal Swedish Academy of Sciences em 1898.

Referências

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.