sábado, 31 de janeiro de 2015

Kopi Luwak ou Café Civeta


Um Luwak (Palm Civet Asian) alimentando-se de grãos de café. (Imagem: Leendertz).
Kopi Luwak ou Café Civeta é um café produzido com grãos de café extraídos das fezes do civeta. Este processo de coleta de grãos em fezes de civeta acontece na Indonésia e nas Filipinas (onde o produto é chamado de Kape Alamid). No Vietnã existe um tipo similar de café, chamado weasel coffee, que possui grãos que foram defecados por doninhas. No Brasil, existe ainda um café colhido das fezes do Jacu [ave originária da América do Sul]. O civeta seleciona os grãos antes de ingeri-los, mas apenas a polpa é digerida, e a semente passa intacta pelo sistema digestivo do animal. Durante a digestão, as bactérias e enzimas únicas do animal tornam-se os responsáveis pela diferença de qualidade do café industrializado. Kopi é uma palavra indonésia para "café", enquanto luwak é o nome local da civeta. A produção limitada dos grãos (menos de 230 quilos por ano) é o motivo de sua raridade e consequentemente seu alto preço (cerca de mil dólares o quilo do grão), sendo considerado o mais caro café do mundo. É vendido principalmente para o Japão, na Europa e nos Estados Unidos. Uma xícara de café preparado com Kopi Luwak pode custar 50 libras esterlinas no Reino Unido. Seu sabor é descrito como "uma mistura de chocolate e suco de uva. Menos ácido e amargo do que os cafés comuns". Em 2004, a síndrome respiratória aguda grave infectou milhares de civetas na China e causou um grande extermínio, mas a demanda pelo café não foi afetada.

Civeta

Um Asian Palm Civet. (Imagem: Jordy Meow).
Viverridae é uma família de mamíferos carnívoros que inclui as civetas, ginetas e aliados. São animais pequenos e leves, geralmente arborícolas. O habitat mais comum é a floresta tropical, mas vivem também em savanas e nas áreas em torno do mar Mediterrâneo. Acredita-se que sejam um vetor do vírus causador da gripe asiática.

Classificação

Em 1821, John Edward Gray definiu a família incluindo os gêneros Viverra, Genetta, Herpestes, e Suricata. Reginald Innes Pocock posteriormente redefiniu a família incluindo vários outros gêneros, e subdividindo-a em subfamílias, baseado na estrutura do pé e nas glândulas odoríferas. Reconhecendo as subfamílias Hemigalinae, Paradoxurinae, Prionodontinae, e Viverrinae dentro da Viverridae. Em 2003, a subfamília Prionodontinae foi elevada a categoria de família.
  • Subfamília Paradoxurinae
    • Arctictis binturong
    • Arctogalida trivirgata
    • Macrogalidia musschenbroekii
    • Paguma larvata
    • Paradoxurus hermaphroditus
    • Paradoxurus zeylonensis
    • Paradoxurus jerdoni
  • Subfamília Hemigalinae
    • Chrotogale owstoni
    • Cynogale bennettii
    • Diplogale hosei
    • Hemigalus derbyanus
  • Subfamília Viverrinae
    • Civettictis civetta
    • Genetta abyssinica
    • Genetta angolensis
    • Genetta bourloni
    • Genetta cristata
    • Genetta genetta
    • Genetta johnstoni
    • Genetta maculata
    • Genetta pardina
    • Genetta piscivora
    • Genetta poensis
    • Genetta servalina
    • Genetta thierryi
    • Genetta tigrina
    • Genetta victoriae
    • Poiana leightoni
    • Poiana richardsonii
    • Viverra civettina
    • Viverra megaspila
    • Viverra tangalunga
    • Viverra zibetha
    • Viverricula indica

Referências

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.