segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Biografia de Etan Patz


Etan Kilil Patz. Nasceu em Manhattan, Nova York, Estados Unidos, no dia 9 de Outubro de 1972, e, desapareceu no dia 25 de Maio de 1979, foi legalmente declarado morto em 2001. Etan, filho de Stanley K. Patz e Julie Patz, tinha apenas 6 anos de idade quando desapareceu em 25 de Maio de 1979. Foi o caso mais popular do gênero nos Estados Unidos, e um dos casos que mais repercutiu na mídia internacional. Seu desaparecimento chocou todo o mundo, e mudou a forma como o governo lida com o desaparecimento de crianças, principalmente nos EUA. Foi tanto que sua foto apareceu nas caixas de leite durante algum tempo, na esperança que alguém o reconhecesse, prática que se tornou mais comum após o caso.


Desaparecimento

Na manhã de sexta-feira, 25 de Maio de 1979, Etan sai de casa para pegar seu ônibus escolar, a primeira vez que o faz desacompanhado. Mas ele nunca chegou a parada de ônibus. Sua mãe, ao perceber que ele não chegou em casa, ligou para a polícia. Foi feita uma longa busca envolvendo cerca de 100 policiais, e vários cães farejadores. O caso continua sem solução até hoje. A sua família, que mora em SoHo, em Manhattan, nunca mudou de endereço, na esperança de que um dia seu filho voltasse, ou que alguém lhes viesse dar notícias dele.


Suspeito

Cartaz de desaparecido
Jose Antonio Ramos foi o principal suspeito do crime até Abril de 2012. Ela era namorado da babá de Etan, e teria supostamente o molestado sexualmente. Ramos foi condenado a 20 anos de prisão por ter molestado outras crianças, mas nunca conseguiu se provar que ele fosse culpado do caso Etan Patz. Ele foi libertado da prisão em 7 de Novembro de 2012.



Caso reaberto

Em 2012 o caso foi reaberto, graças a uma denúncia anônima. A denúncia era de que os restos mortais de Etan estavam enterrados sob o piso de um armazém, cujo proprietário era Othniel Miller. Cães farejadores detectaram um possível cadáver. A polícia cavou todo o piso em busca de pistas, mas nada foi encontrado.


Dia Nacional Das Crianças Desaparecidas

O dia 25 de Maio foi declarado como o dia nacional das crianças desaparecidas, pelo presidente americano Ronald Reagan em 1983.


Consequências

Apesar de ser um caso que chocou boa parte do mundo, o caso Etan Patz fez com que a polícia e o FBI criassem planos de buscas especiais para crianças desaparecidas nos Estados Unidos.


Confissão

A foto de Etan foi a primeira de uma criança desaparecida a aparecer nas caixas de leite.
Um homem de Nova Jersey, chamado Pedro Hernandes foi preso no dia 24 de Maio de 2012. Ele teria confessado o crime a amigos, e de então veio uma denúncia anônima. A polícia foi até sua casa, prendeu-o e interrogou-o. Pedro Hernandes confessou ter atraído Etan Patz para uma loja de conveniência onde ele trabalhava com a promessa de um refrigerante; ele o estrangulou até a morte. Segundo seu relato, ele teria posto o corpo em uma caixa e jogado no lixo. No dia seguinte ele teria percebido a ausência da caixa, e então deduziu que seria o fim do caso. A polícia acredita que ele confessou o caso porque estava com remorso. Mas ele não deixou claro o motivo que o fez agir assim. Os detetives acreditam até então na sua confissão como verídica. Ele está preso, o processo judicial está aberto, e ele agora aguarda julgamento. O caso foi apresentado no Jornal Nacional do dia 24 de Maio de 2012.


Referências

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.