quinta-feira, 18 de julho de 2013

Ferdinand Verbiest: O primeiro a projetar um automóvel


Ferdinad Verbiest
Ferdinand Verbiest. Nasceu em Pittem, Flandres, a 9 de Outubro de 1623, e, faleceu em Pequim, a 28 de Janeiro de 1688. Foi um astrônomo, matemático, cientista, jesuíta e missionário católico flamengo. Ele chegou à China em 1659, onde ficou conhecido como Nan Huairen (南怀仁). Foi imediatamente convocado para Pequim, para ajudar Adam Schall, um jesuíta que na altura era presidente do Tribunal das Matemáticas. Mais tarde, Verbiest conseguiu provar ao Imperador Kangxi que a astronomia européia era mais precisa e exata do que a astronomia chinesa. Por isso, foi-lhe entregue o importante trabalho de reformar o calendário chinês e, mais tarde, foi também convidado a reconstruir e reequipar o Observatório Antigo de Pequim. Ele tornou-se também diretor do Observatório Antigo de Pequim e presidente do Tribunal das Matemáticas, que era um importante conselho imperial para matérias científicas, nomeadamente para a organização do calendário chinês, para a previsão de eclipses e para a observação astronômica. Verbiest tornou-se inclusivamente amigo do Imperador Kangxi, que freqüentemente lhe solicitava o seu vasto conhecimento na filosofia, na geometria e na música. O Imperador, que era um grande simpatizante dos jesuítas, concedeu a Verbiest o mais alto grau de mandarinato. Ele trabalhou também como diplomata, cartógrafo e até tradutor, porque ele dominava o latim, o alemão, o holandês, o espanhol e o italiano. Ele escreveu ainda mais de trinta livros. Morreu em Pequim, no dia 28 de Janeiro de 1688, e foi sepultado em Pequim, junto a Matteo Ricci e Adam Schall.


Início da vida


Ferdinand Verbiest era o filho mais velho de Verbiest, oficial de justiça e cobrador de
Mapa de Ferdinand Verbiest, de 1674.
impostos de Pittem, próximo de Kortrijk, na Bélgica. Verbiest estudou humanidades com os jesuítas, em Bruges e Kortrijk, e em seguida foi para o Colégio Lelie em Leuven, por um ano, para estudar filosofia e matemática. Ingressou na Companhia de Jesus (Jesuítas) em 2 de Setembro 1641. Verbiest continuou estudando teologia em Sevilha, onde foi ordenado padre em 1655. Ele completou seus estudos em astronomia e teologia em Roma. Sua intenção era tornar-se um missionário nas missões espanholas para a América Central, mas isso não era para ser. Seu chamado foi para o Extremo Oriente, onde a Igreja Católica estava "em missão" para compensar a perda de fiéis (católicos) para o protestantismo emergente na Europa. Em 1658, Verbiest partiu para a China a partir de Lisboa, acompanhado pelo Padre Martino Martini, trinta e cinco outros missionários, o vice-rei português das Índias e alguns outros passageiros. O barco chegou à Macau em 1659, mas, dez dos passageiros, incluindo o vice-rei e a maioria dos missionários, tinham morrido. Verbiest assumiu seu primeiro posto em Shanxi, liderando a missão até 1660, quando ele foi chamado para ajudar - e, mais tarde, substituir – o Padre Johann Adam Schall von Bell, diretor jesuíta do Observatório de Pequim e chefe do Conselho de Matemática, em seu trabalho em astronomia. Infelizmente para eles, a situação política mudou drasticamente em 1661, com a morte do jovem imperador Shunzhi, de 23 anos. Seu filho e sucessor, Xuanye (o Imperador Kangxi), tinha apenas 7 anos, então o governo foi colocado nas mãos de quatro regentes. Ao contrário de Shunzhi, os regentes não eram a favor dos jesuítas, que sofreram um aumento de perseguição como resultado. A religião do estado do Manchurian governou a dinastia Qing incorporando aspectos do xamanismo. Havia uma tradição de concursos públicos entre os xamãs rivais para demonstrar seus poderes mágicos. Em 1664, o astrônomo chinês Yang Guangxian (1597-1669), que publicou um panfleto contra os jesuítas, desafiou Schall von Bell praa uma competição astronômica em público. Yang venceu e tomou o lugar de Schall von Bell como chefe de Matemática. Tendo perdido a competição, Schall von Bell e os outros jesuítas foram acorrentados e jogados em uma prisão imunda, acusado de ensinar uma religião falsa. Eles foram destinados à estacas de madeira, de tal forma que não podiam nem se sentarem, e, permaneceram lá por quase dois meses, até que a sentença de estrangulamento foi imposta. A alta corte achou a sentença leve demais e ordenou que eles fossem cortados em pedaços enquanto ainda vivos. Felizmente para eles, em 16 de Abril 1665, um violento terremoto destruiu parte da prisão escolhida para a execução. Um extraordinário meteoro foi visto no céu, e um incêndio destruiu parte do palácio imperial, onde a condenação foi pronunciada. Isto foi visto como um presságio e todos os prisioneiros foram libertados. No entanto, eles ainda tiveram que enfrentar um julgamento, e todos os jesuítas, Verbiest, Schall von Bell e outros dois foram exilados para Cantão (China). Schall von Bell morreu dentro de um ano, devido às condições de seu confinamento. Em 1669, o Imperador Kangxi conseguiu tomar o poder tendo o restante (corrupto) regente Oboi, preso. No mesmo ano, o imperador foi informado de que erros graves foram encontrados no calendário de 1670, que tinha sido elaborado por Yang Guangxian. Kangxi ordenou um teste público para comparar os méritos da astronomia européia e chinesa. O teste era de prever três coisas: o comprimento da sombra projetada por um gnômon de uma determinada altura ao meio-dia de um determinado dia; as posições absolutas e relativas do Sol e dos planetas em uma determinada data; e o tempo exato de um previsto eclipse lunar. Ficou decido que Yang e Verbiest, cada um deles, deveria usar suas habilidades matemáticas para determinar as respostas e que "os céus seria o juiz". O concurso foi realizado no Departamento de Astronomia na presença de ministros de alto escalão do governo e funcionários do observatório. Ao contrário de Yang, Verbiest teve acesso às últimas atualizações sobre as tabelas de Rudolphine, e foi auxiliado por telescópios de observação. Ele foi bem sucedido em todos os três testes, e foi imediatamente instalado como chefe do Conselho de matemática e diretor do Observatório. Em consideração a ele, os jesuítas exilados foram autorizados a regressar às suas missões. Enquanto isso, Yang foi condenado à mesma morte que ele havia planejado para o seu rival jesuíta, mas a sentença foi reduzida ao exílio e, ele morreu a caminho de sua terra natal.

Primeiros projetos


Ferdinand Verbiest - Pittem -
West-Vlaanderen - België. (Imagem: Spotter2).
O calendário de 1670 incluía um mês extra desnecessariamente, acrescentado para esconder outros erros e trazer os meses lunares em linha com o ano solar. Verbiest sugeriu que os erros deveriam ser corrigidos, incluindo a remoção do mês extra. Este foi um passo audacioso, como o calendário foi aprovado pelo próprio imperador. Temendo a resposta do imperador, os funcionários do observatório pediu-lhe para retirar esse pedido, mas ele respondeu: ".. "Não está ao meu alcance tornar os céus de acordo com o seu calendário. O mês extra deve ser retirado." Para sua surpresa, o imperador, depois de estudar a pesquisa, concordou, e assim foi feito. Depois disso, Verbiest e o imperador formaram uma verdadeira amizade, com o Jesuíta ensinamento sua geometria, filosofia e música. Ele era freqüentemente convidado ao palácio para acompanhar o imperador em suas expedições por todo o império. Ele traduziu os seis primeiros livros de Euclides para o manchu e aproveitou cada oportunidade para introduzir o cristianismo. Em resposta, o imperador o elevou ao mais alto grau de mandarinato, e, garantiu-lhe permissão para pregar o cristianismo em qualquer lugar do império. Verbiest realizou muitos projetos, incluindo a construção de um aqueduto, a fundição de 132 canhões para o exército imperial (muito superior a quaisquer armas chinesas anteriores) e o projeto de um novo transporte (carro) de arma. Ele criou mapas estelares para o Imperador Kangxi, a fim de contar o tempo durante a noite. Outras invenções incluem um motor a vapor para impulsionar navios.


Instrumentos para o Observatório de Pequim


Depois de ter resolvido as questões em torno do calendário, Verbiest passou a compor uma
Instrumentos do Observatório de Pequim, alguns deles foram construídos por Verbiest.
tabela de todos os eclipses solares e lunares para os próximos 2000 anos. Encantado com isso, o imperador concedeu-lhe total responsabilidade do observatório imperial astronômico, que ele havia reconstruído em 1673. O equipamento existente era obsoleto: Verbiest consignado ao museu, começou a criação de seis novos instrumentos: Altazimuth: usado para medir a posição dos corpos celestes em relação ao horizonte e ao zênite celestial – a altitude azimutal. Globo Celestial: de seis metros de diâmetro, usado para mapear e identificar objetos celestes. Eclíptica armilla, esfera armilar, de seis metros de diâmetro, usada para medir a diferença de longitude eclíptica e latitudes dos corpos celestes.
Diagrama da "Armillary sphere"
(Este era o dispositivo tradicional europeu, enquanto os chineses desenvolviam a armilla equatorial). Equatorial Armilla: esfera armilar, de seis metros de diâmetro, utilizados principalmente para medir o tempo solar verdadeiro, assim como as corretas diferenças de ascensão e declinação dos corpos celestes. Quadrant Altazimuth: de seis metros de raio, para medir altitudes e distâncias zenitais dos corpos celestes. Sextante: oito pés de raio, usado para medir o ângulo de elevação de um objeto celeste acima do horizonte. Ele é usado para calcular o ângulo entre dois objectos, embora limitado a 60 graus de arco. Na navegação, é utilizado para dar uma medida do ângulo do sol ao meio-dia para determinar a latitude. Todos eles eram muito grande, feitos de bronze e altamente decorados, com dragões de bronze formando os apoios. Apesar do seu peso, eles eram muito fáceis de manipular, demonstrando a aptidão de Verbiest para desenho mecânico.




Últimos dias


Verbiest morreu em Pequim, logo após receber uma ferida ao cair de um cavalo. Ele foi sucedido como o principal matemático e astrônomo do império chinês por um outro jesuíta belga, Antoine Thomas (1644-1709). Seus restos mortais foram enterrados perto daqueles outros dois jesuítas famosos - Matteo Ricci e Johann Adam Schall von Bell - em 11 de Março de 1688. Visitar seu túmulo não é fácil, uma vez que está no campus de uma faculdade de Ciência Política, mas está bem conservado. Verbiest é o único ocidental na história chinesa em receber para sempre a honra de um nome póstumo pelo Imperador.

O “carro” de Verbiest


Ao lado de seu trabalho em astronomia, Verbiest também experimentou com o vapor - por
O 'carro' à vapor desenhado por Verbiest em 1672 - a partir de uma cópia do século 18.
volta de 1672 ele projetou - como um brinquedo para o imperador chinês - um carro com propulsão à vapor, que foi, possivelmente, o primeiro trabalho com veículo movido à vapor ("auto-móvel”). Verbiest o descreve em sua obra
Astronomia Europea. Como era apenas de apenas 65 cm (25,6 in) de comprimento, e, portanto, efetivamente um modelo reduzido, não concebidos para transportar passageiros humanos, nem um motorista, não é precisamente correto em chamá-lo de 'carro'. O vapor era gerado em uma caldeira em forma de bola, emergindo através de um tubo no topo, de onde era dirigido a uma simples abertura 'turbina a vapor "(mais ou menos como uma roda d'água), que impulsionava as rodas traseiras. Não se sabe se o modelo de Verbiest nunca foi construído na época, embora ele tivesse acesso aos melhores artesãos metalúrgicos da China, que estavam construindo instrumentos astronômicos de precisão para ele.


O modelo Brumm



A italiana Brumm, fabricante do modelos, produziu um modelo em escala 1:43 não-funcional do Veicolo a turbina de Verbiest (1681) em sua coleção "Old Fire" de 2002. Este modelo tinha 9cm (3,54 in) de comprimento, que, quando escalonado, sugere que o original de Verbiest teria quase 4 metros (13 ft 1 in) de comprimento. No entanto, em comparação com os desenhos do estudo de Hardenberg, mostram que este modelo não é o mesmo que do Verbiest. Na verdade, é modelado num pequeno carro de turbina à vapor construído no final do século XVIII (provavelmente 1775) por um mecânico alemão. Infelizmente, o original foi provavelmente destruído durante um bombardeio na Technische Hochschule Karlsruhe durante a Segunda Guerra Mundial. No entanto, uma foto do carro original pode ser vista no Museu Deutsches. Hardenberg observa que este carro de turbina à vapor operava no mesmo princípio que a carruagem de Verbiest (a turbina de impulso), mas empregava um arranjo mais moderno de transmissão.



Grandes obras


em chinês
  • Yixiang zhi, 1673 (sobre instrumentos astronômicos e aparelhos.)
  • Kangxi yongnian lifa, 1678 (sobre o calendário do Imperador Kangxi.)
  • Jiaoyao xulun (explicações dos fundamentos da fé.)


em latin


Astronomia Europea, 1687



Memoriais


Verbiest é comemorado em vários selos postais. Um, com o rosto dele, foi emitido na Bélgica, 24 de Outubro de 1988, para marcar o tri-centenário da sua morte, com um carimbo de cancelamento pictórico correspondente. Muitos selos foram emitidos em Macau, em 1989 e 1999, com um esboço de Verbiest do Observatório de Pequim, onde ele trabalhava.

  
Referências

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.