sexta-feira, 14 de junho de 2013

História da Aeronáutica


Mirage 2000C
Aeronáutica. É a ciência da navegação aérea. Inclui aparelhos mais leves que o ar (balões, dirigíveis) e mais pesados que este (aviões com ou sem motor). A Aeronáutica é Civil quando se destina ao transporte, aos desportos, a pesquisas científicas , a salvamentos; e é Militar, quando se constitui na força armada do ar, integrando as forças armadas de um país.


História
A conquista do espaço foi sempre um velho sonho da humanidade, simbolizado na lenda de Ícaro. Cientificamente, porém, o problema só começou a ser estudado em fins do século XV, por Leonardo da Vinci, que deixou planos relativos a “máquinas de voar”. A primeira ascensão em aeróstato realizou-se em Lisboa, no ano de 1709, pelo padre Bartolomeu Lourenço de Gusmão, na sua famosa “Passarola”, tendo sido ele o verdadeiro precursor da Aeronáutica. Anos depois, em 1783, dois franceses, os irmãos Montgolfier, fizeram inúmeras experiências com o “mais pesado que o ar”, consagrando-se como os pioneiros da navegação aérea. Em 1785, Blanchard realiza a primeira travessia do Canal da Mancha em um balão. A conquista do ar já era fato consumado. Contudo, o homem era ainda um joguete do vento, pois faltava resolver o problema da dirigibilidade dos balões, que só foi possível em 1901, quando Alberto Santos Dumont contornou a Torre Eiffel no tempo de 30 minutos (11 de Junho). Solucionado o problema da dirigibilidade (os célebres dirigíveis do Conde Zeppelin realizariam 139 vezes a travessia do Atlântico, até o catastrófico incêndio do “Hindenburg”) passaram os aeronautas ao estudo do vôo do “mais pesado que o ar”, cabendo ainda a Santos Dumont a primazia: em 7 de Setembro de 1906, realizou o primeiro voo com o seu “14-Bis”, movido a hélice, conseguindo sustentar-se no ar durante alguns segundos.
14-Bis de Santos Dumont
Numa terceira tentativa, a 23 de Outubro, consegue voar 50 metros, a poucos centímetros do solo, e, em 12 de Novembro conquista o Prêmio Aeroclube da França, voando mais de 200 metros, em 20 segundos. Quase simultaneamente os irmãos Wright realizam proeza semelhante, nos Estados Unidos. Acelera-se então o progresso da Aeronáutica: em 1909 o francês Blériot realiza a travessia do Canal da Mancha em avião; em 1912, Garros estabelece um primeiro recorde de altura, 5.600 metros; em 1919, é feita a travessia do Atlântico Norte, em etapas; Byrd sobrevoa o Polo Norte em 1926, e, no ano seguinte, Lindbergh faz a travessia direta do Atlântico Norte, de Oeste para Leste (em 1928, Kohl faria esse mesmo vôo, em sentido contrário); o mesmo Byrd sobrevoa o Polo Sul em 1929; o recorde de altura é suplantado por Pezzi em 1938 (voa a 17.080 metros); seguem-se-lhe: vôo sem escalas Honolulu-Polo Norte-Cairo (1946); recorde de velocidade absoluta, com 1.079km/h (1948), estabelecido pelo piloto norte-americano Johnson; em 1956, os aviões já atingiam 1.811km/h; em 1974, 2.896km/h de velocidade média e velocidade máxima de 3.200km/h, a 27.000 metros (recorde então estabelecido por um avião Lockheed norte-americano, pilotado por James S. Sullivan, e Noel F. Wildifield.

História da Aeronáutica Brasileira

Os primeiros esforços para formar aviadores no Brasil datam de 1914, quando s organizou uma escola de aviação no Campo dos Afonsos, Rio de Janeiro, com instrutores italianos, mas que teve duração efêmera. Em 1916, a Marinha adquiriu alguns hidroaviões Curtiss dos Estados Unidos, que vieram acompanhados pelo mecânico Horton Hoover, encarregado de sua montagem no Arsenal da Marinha. Sob a instrução desse mecânico formaram-se os primeiros cinco pilotos brasileiros. Dois anos depois, iniciou-se a formação dos pilotos do Exército, sob a direção de instrutores da Missão Francesa. Tinha o
C-130 Hercules da Força Aérea Brasileira
Exército a sua escola no Campo dos Afonsos, exercitando-se os seus planos em aviões terrestres, ao passo que a Marinha instalara a sua na Ilha das Enxadas, adestrando-se seus pilotos em hidroaviões. Em 1921, porém, a Marinha instalou a Escola de Aviação Naval em terrenos adquiridos no Galeão. Criada a Aeronáutica Militar em 1926, e em 1930 a Aeronáutica Naval, cuidaram os oficiais de ambas de incentivar a criação do Ministério da Aeronáutica. Criado este órgão pelo Decreto-lei n.° 2.961, de 20 de Janeiro de 1941, fundiram-se a Aviação Naval e a do Exército na Força Aérea Brasileira (FAB), a qual também se subordina a Aviação Civil; com o desenvolvimento desta última surgiram vários aeroclubes (o Aeroclube do Brasil foi fundado em 1911 por Irineu Machado e Vitorino de Oliveira) e intensificou-se o tráfego aéreo comercial. Em suma, pode-se dizer que a História da Aeronáutica no Brasil é a própria História da Aviação, cujo pai foi Alberto Santos Dumont, hoje Patrono da Aeronáutica Brasileira.

 
Cronologia da História da Aeronáutica

  • 3000 a.C. - Utilização de papagaios, balões e outros aparelhos semelhantes na China, sobretudo como brinquedos;
  • 1600 - O turco Hezarfen Ahmet Celebi saltou de uma torre em Gálata, tendo voado alguma distância num planador;
  • 1709 - Em Portugal, depois de várias experiências com balões não tripulados, o padre e cientista nascido no Brasil, porém de nacionalidade portuguesa, Bartolomeu de Gusmão voa na Passarola, o primeiro aeróstato conhecido na história;
  • 1783 - Em França, o primeiro balão dos irmãos Montgolfier faz um voo tripulado;
  • 1797 - O francês André-Jacques Garnerin faz o primeiro salto de pára-quedas bem sucedido, a partir de um balão;
  • 1852 - O francês Henri Giffard, projeta e constrói o primeiro aeróstato dirigível;
  • 1890 - O alemão Otto Lilienthal constrói os primeiros planadores capazes de voo regular e controlado;
  • 1903 - Nos Estados Unidos da América, os irmãos Wright afirmam que realizam o primeiro voo de uma aeronave mais pesada que o ar;
  • 1906 - Na França, o brasileiro Alberto dos Santos Dumont realiza o primeiro voo certificado de um aparelho mais pesado que o ar, este que decolava por meios próprios (utilizando-se da potência desenvolvida pelo motor da aeronave, o 14 Bis), sendo também o primeiro voo de um aeroplano na Europa;
  • 1907 - A francesa Thérèse Peltier torna-se primeira mulher a voar;
  • 1909 - Primeira utilização militar de um aeroplano, pelo Exército dos Estados Unidos;
  • 1914 - É criada a primeira linha aérea de transporte de passageiros, entre S. Petersburg e Tampa, nos Estados Unidos;
  • 1919 - Os britânicos John Alcock e Arthur Whitten-Brown, fazem o primeiro voo transatlântico, entre a Terra Nova e a Irlanda;
  • 1922 - Os portugueses Gago Coutinho e Sacadura Cabral fazem a primeira travessia aérea do Atlântico Sul, entre Lisboa e o Rio de Janeiro;
  • 1923 - O espanhol Juan de La Cierva constrói e voa no primeiro autogiro do mundo;
  • 1927 - Charles Lindbergh faz o primeiro voo sem escala sobre o Atlântico Norte;
  • 1927 - O brasileiro João Ribeiro de Barros realiza a segunda travessia do Oceano Atlântico
  • 1930 - Nos Estados Unidos, Ellen Church, torna-se a primeira assistente de bordo (aeromoça) do mundo;
  • 1937 - O dirigível alemão Hindenburg explode em Lakehurst, nos Estados Unidos, originado a interrupção da utilização daquele tipo de aeróstatos nos transporte em massa de passageiros;
  • 1939 - Na Alemanha o piloto Erich Warsitz faz o primeiro voo a jacto da história, num aparelho Heinkel He 178;
  • 1947 - Nos Estados Unidos, Chuck Yeager realiza o primeiro voo supersônico registado, num avião-foguete Bell X-1;
  • 1952 - Dá-se o primeiro voo comercial a jacto, entre Londres e Joanesburgo num aparelho De Havilland Comet;
  • 1969 - Realização do primeiro voo do Concorde, primeiro avião comercial supersônico. 
     

Cronologia da Aviação


  • 4 de junho de 1784: A cantora de ópera francesa, Mme. Élisabeth Thible, torna-se a primeira mulher a voar com o primeiro balão.
  • 15 de junho de 1785: Jean-François Pilâtre de Rozier e seu companheiro, Pierre Romain, morrem e tornam-se as primeiras vítimas de acidentes aéreos.
  • 9 de janeiro de 1793: Jean Pierre Blanchard, um piloto francês, realiza o primeiro voo de balão na América onde ocorre em Filadélfia, Estados Unidos.
  • 18 de agosto de 1805: Sophie Blanchard torna-se a primeira mulher a pilotar o próprio balão em Toulouse.
  • 6 de julho de 1819: Sophie Blanchard torna-se a primeira mulher a morrer de um acidente aéreo com um balão sobre os jardins de Tivoli, Paris, França.
  • 1858: O fotógrafo francês Félix Nadar realiza a primeira fotografia aérea em Paris.
  • 2 de julho de 1900: Ferdinand Graf von Zeppelin realiza o primeiro voo de um dirigível rígido, o LZ1.
  • 19 de outubro de 1901: O brasileiro Alberto Santos-Dumont voa seu dirigível número 6, rodando a Torre Eiffel e ganhando o Prêmio Deutsch.
  • 4 de fevereiro de 1902: Robert Falcon Scott e Ernest Shackleton realizam o primeiro voo de um balão na Antártida.
  • 29 de junho de 1903: Aída de Acosta torna-se a primeira mulher a pilotar uma aeronave, o dirigível N-9, construído por Santos Dumont.
  • 17 de dezembro de 1903: Os Irmãos Wright realizam o primeiro voo de aeroplano chamado Wright Flyer.
  • 5 de outubro de 1905: Wilbur Wright voa por 40 minutos, recorrendo 39 km.
  • 14 de outubro de 1905: A Fédération Aéronautique Internationale (FAI) é fundada em Paris.
  • 23 de outubro de 1906: Alberto Santos-Dumont realiza o primeiro voo do avião, chamado 14-Bis em Paris, França.
  • 14 de maio de 1908: Wilbur Wright raz o primeiro voo de um avião carregado com duas pessoas, portando a Charles Furnas como passageiro.
  • 17 de setembro de 1908: O militar estadunidense Thomas Etholen Selfridge torna-se a primeira pessoa a morrer na queda de um aeroplano motorizado, um biplano Wright.
  • 13 de maio de 1912: O rei britânico Jorge V aprova a criação da Royal Flying Corps, a precursora da Royal Air Force do Reino Unido.
  • 28 de fevereiro de 1913: A Aeronáutica Militar Espanhola é criada pelo Real Decreto Espanhol.
  • 23 de setembro de 1913: Roland Garros realiza a primeira travessia aérea sem escalas do Mediterrâneo.
  • 17 de setembro de 1916: A bordo de um Albatros D. II, Manfred von Richthofen ganha sua primeira vitória aérea sobre Camabai, França.
  • 1921: Anésia Pinheiro Machado foi a primeira mulher a receber um brevet internacional pelo Aéro Club do Brasil
  • 30 de março de 1922: Os aeronautas portugueses Gago Coutinho e Sacadura Cabral fazem a primeira travessia aérea do Atlântico Sul.
  • 8 de abril de 1922, Anésia Pinheiro Machado, foi, ao lado de Ada Rogato e Tereza de Marzo, uma das três primeiras mulheres piloto da aviação brasileira. Ada Rogato foi também a primeira piloto agrícola do país e primeira paraquedista.
  • 14 de março de 1927: A Pan American World Airways, companhia aérea estadunidense mais conhecida como Pan Am, é fundada.
  • 7 de maio de 1927: A VARIG, companhia aérea brasileira conhecida mundialmente, é fundada.
  • 11 de junho de 1928: O primeiro voo de foguete tripulado é realizado em Wasserkuppe.
  • 21 de março de 1930: A Força Aérea do Chile é criada.
  • 21 de maio de 1932: Amelia Earhart torna-se a primeira mulher a voar sozinha sobre o Oceano Atlântico.
  • 30 de agosto de 1933: A companhia aérea francesa Air France é criada.
  • 4 de novembro de 1933: A companhia aérea paulista VASP é criada.
  • 12 de novembro de 1933: A VASP, faz seus dois primeiros voos para o interior paulista, partindo de Aeroporto Campo de Marte na cidade de São Paulo com destino a São Carlos e São José do Rio Preto; Ribeirão Preto e Uberaba-MG.
  • 9 de março de 1935: Goering anuncia a criação da Luftwaffe, força aérea alemã.
  • 12 de junho de 1944: Inglaterra sofre o primeiro ataque de bombas mísseis V-1.
  • 7 de dezembro de 1945: Ataque aéreo dos japoneses à base norte-americana Pearl Harbor.
  • 18 de setembro de 1947: A Força Aérea dos Estados Unidos é instituída.
  • 1950: Ada Rogato foi a primeira piloto brasileira a atravessar os Andes e a selva amazônica.
  • 1 de agosto de 1951: A companhia aérea japonesa Japan Airlines é criada.
  • 15 de julho de 1954: Primeiro voo do Boeing 707, um avião comercial norte-americano.
  • 4 de outubro de 1957: Os soviéticos lançaram o primeiro satélite artificial Sputnik 1.
  • 1 de outubro de 1958: A NASA (National Aeronautic and Space Administration) é criada.
  • 2 de março de 1959: Aerolíneas Argentinas inicia vôos comerciais internacionais.
  • 1 de abril de 1960: O primeiro satélite meteorológico Tiros 1 é lançado.
  • 12 de abril de 1961: O cosmonauta soviético Yuri Gagarin torna-se o primeiro homem a viajar pelo espaço, a bordo da espaçonave Vostok.
  • 10 de julho de 1962: O primeiro satélite de telecomunicação Telstar é lançado.
  • 16 de junho de 1963: A cosmonauta soviética Valentina Tereshkova torna-se a primeira mulher no espaço.
  • 9 de abril de 1967: Primeiro voo do Boeing 737.
  • 31 de dezembro de 1968: Tupolev Tu-144 torna-se o primeiro avião supersônico comercial do mundo.
  • 2 de março de 1969: O avião supersônico Concorde faz o primeiro vôo.
  • 21 de julho de 1969: O astronauta norte-americano Neil Armstrong torna-se o primeiro homem a pisar na Lua.
  • 30 de maio de 1975: A Agência Espacial Europeia (ESA) é criada.
  • 27 de março de 1977: Dois boeings 747 colidem no aeroporto de Santa Cruz de Tenerife, matando 583 pessoas e ferindo outras 61, naquele que é considerado até hoje, o maior desastre aéreo da história da aviação.
  • 12 a 17 de agosto de 1978: Primeira travessia do Oceano Atlântico em um balão por 5 dias e 17 horas.
  • 24 de junho de 1982: Jean-Loup Chrétien torna-se o primeiro astronauta francês no espaço.
  • 28 de janeiro de 1986: A espaçonave Challenger explode 73 segundos e mata a tripulação de sete astronautas, inclusive a professora da escola Christa McAuliffe após ter sido lançada.
  • 8 de março de 2000: Os Correios do Brasil lançam um selo em homenagem às mulheres pioneiras da aviação no país.
  • 28 de abril de 2001: Dennis Tito, multimilionário norte-americano, torna-se o primeiro viajante espacial a voar na nave russa Soyuz TM-32.
  • 11 de setembro de 2001: Quatro aviões sequestrados pelos terroristas da Al-Qaeda colidem contra as torres do World Trade Center, uma de alas do Pentagóno e o campo de Shanksville. É o maior atentado da história.
  • 10 de abril de 2003: O fim dos voos comerciais do Concorde é anunciado pelas Air France e British Airways.
  • 27 de abril de 2005: Primeiro voo do Airbus A380.
  • 5 de maio de 2005: Primeiro voo do Falcon 7X.
  • 13 de maio de 2005: Primeiro voo do Falcon 900DX.

Referências:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Aeronáutica
https://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Cronologia_da_aviação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.